CLIQUE NO PLAY E ASSISTA O VIDEO,

ULTIMAS NOTICIAS

ULTIMAS NOTICIAS

Com apoio de Henrique e Agripino, Rosalba espera que TSE devolva sua elegibilidade no julgamento adiado para dia 29


Não será mais na quinta-feira que o TSE vai julgar os recursos dos processos contra a ex-prefeita de Mossoró, Cláudia Regina, e contra a ex-governadora Rosalba Ciarlini.
O julgamento ficou para a terça-feira, dia 29.
Quem conhece o processo de Rosalba, entende que é favorável à elegibilidade da ex-governadora.
Quem trabalha para reverter a inelegibilidade de Rosalba é o ministro Henrique Alves. Também o senador José Agripino.
Quem te viu, quem te vê.
Ambos detonaram Rosalba no ano passado.
Para abrir caminho para a candidatura de Henrique a governador, Agripino inviabilizou a legenda para Rosalba disputar reeleição.
Agora, para reconquistarem o ‘carinho’ do povo de Mossoró, de olho nas eleições de 2018, Agripino e Henrique tentam ressuscitar a elegibilidade de Rosalba.
Os dois querem apoiar a ex-governadora para prefeita de Mossoró.
Com a elegibilidade reconquistada, Rosalba terá o apoio de Henrique, que hoje é esperança da ex-prefeita Fafá Rosado, que sonha em voltar à Prefeitura.
Aliás, Fafá seria reconduzida à presidência do PMDB no domingo, mas o partido emitiu nota adiando o evento e justificando que Henrique, presidente do PMDB, estaria em Brasilia, daí o motivo do adiamento.
Henrique estava em Natal, na festa do colunista – mossoroense – Chrystian de Saboya.
A candidata de Henrique é a Rosa.
A de Agripino também.
E a Rosa espera, no TSE, através do trabalho do advogado Fernando Neves, o voto favorável dos ministros Gilmar Mendes e João Otávio Noronha.
A ex-governadora está em Brasília desde ontem para acompanhar tudo de perto.
Mas o julgamento passou para a próxima semana.

Pesquisar este blog

Arcebispo da Paraíba convoca para Greve Geral

A Greve Geral que deve paralisar o Brasil próxima sexta-feira, 28, ganhou reforço de membros da igreja Católica. Na P...

MAIS VISTAS

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK