CLIQUE NO PLAY E ASSISTA O VIDEO,

ULTIMAS NOTICIAS

ULTIMAS NOTICIAS

Paulo Enfermeiro concede entrevista à rádio Litoral Norte e fala sobre saúde, comunidade e política



O assistente social e suplente de vereador (PHS) falou sobre saúde, comunidade e política, ontem (25), durante entrevista ao programa Hora da Comunidade, na rádio FM 87.9 Litoral Norte com Jeferson Andrade e Edward Rocha.   


Confira trechos da entrevista:

Paulo César Pereira, mais conhecido como Paulo Enfermeiro, 48, casado, três filhos, é assistente social, presidente da Associação de Reservistas do Exército do RN (Associação Veteranos Jerônimo de Albuquerque e suplente de Vereador de Natal.

Saúde
Jeferson Andrade - Paulo Enfermeiro, você como coordenador da Pastoral da Saúde do Gramoré participou do Curso Básico de Formação sobre “Direitos Sociais e Saúde – Fortalecendo a Cidadania e a Incidência Política”, realizado pela Pastoral da Saúde no sábado passado, no 1º andar da Rádio Rural. Qual a finalidade deste curso e qual a sua avaliação?

Paulo Enfermeiro – Preocupado com o Sistema Público de Saúde o curso tem a finalidade de fortalecer a nossa sociedade a mostrar os direitos que são constituídos e estimular esses usuários a fazer a incidência política, que é o objetivo da Pastoral da Saúde.
A Pastoral da Saúde trabalha em três dimensões: A política comunitária, solidária e institucional.

Edward Rocha - Como você vê a presença do Conselho Local de Saúde nas Unidades de Saúde?

Paulo Enfermeiro – O Conselho Local de Saúde é um dos instrumentos de fiscalização no Sistema. E toda a unidade deveria ter seu Conselho Local de Saúde.
Conselho Local de Saúde é paritário, onde tem 50% de usuários, 25% de trabalhador e 25% de gestor.

Jeferson Andrade - Que poder de mudança o Conselho Local de Saúde tem para a melhoria do serviço do SUS à população?

Paulo Enfermeiro – A gente clama que a sociedade venha fazer parte. É uma grande ferramenta onde a sociedade tem que participar. A sociedade participando, existem melhores possibilidades de estar fiscalizando aquilo que é dela. A sociedade cobra sem saber o real direito que tem. É uma forma de se entender a política do SUS, basicamente através do Conselho Local de Saúde.

Edward Rocha - Toda Unidade de Saúde, UPA e até Hospitais devem ter um Conselho Local de Saúde? Por que?

Paulo Enfermeiro – Sim deve ter o Conselho Local de Saúde porque é inserido nessas instituições dinheiro público. Nos hospitais particulares onde existem o convênio com o SUS é proposta nossa formar o Conselho Local de Saúde, com a mesma paridade. Teoricamente teríamos força para estar cobrando o que é de melhor naquilo que o SUS oferece. Mas se a gente esquece olhar para fiscalizar, as coisas vão voltar a ficar acomodada e a gente não ter os serviços que merece.
A proposta é que nas Unidades de Saúde Básicas, Estratégias de Saúde da Família, Policlínicas existam o Conselho Local de Saúde.

Paulo Enfermeiro falou também sobre a distribuição de ficha, humanização e tráfico de influência nas Unidades de Saúde.

Paulo foi presidente do Sindicato Profissional dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem do RN, nos anos de 2006-2010 e falou como vê hoje esta classe de profissionais no Estado.

Política e Comunidade
Edward Rocha - Você não foi eleito Vereador de Natal, mas como suplente você obteve uma ótima votação com 1.141 votos nas quatro regiões de Natal, e no Gramoré você deu um banho de votos, quantos votos na sua comunidade? Como você avalia a sua campanha, como a primeira candidatura?

Paulo Enfermeiro - Eu creio que a comunidade acreditou em nosso projeto. Somos vitoriosos porque lutamos contra o poder econômico.
Meu compromisso continua com toda a sociedade de Natal, e Gramoré é onde tenho maior carinho. Não canso de agradecer.

Edward Rocha – Você é um vereador sem mandato. Vai continuar na luta com a população, com as classes. 1.141 votos conquistados, ou seja, mais de 50% no Gramoré.

Jeferson Andrade - Muitos jovens participaram da sua campanha. Como você analisa a participação da juventude na política?

Paulo Enfermeiro - É a juventude que tem que dar um norte a esse país.

Jeferson Andrade - Para encerrar nossa conversa, deixe alguma mensagem para os nossos ouvintes.

Paulo Enfermeiro – Quero deixar uma mensagem de esperança e que eu continuo com meu mandato participativo, mesmo sem o mandato partidário, mas com o mandato popular dentro da minha comunidade, Gramoré, com o olhar carinhoso para a Zona Norte de Natal.
E que a Câmara Municipal de Natal seja a pupila verdadeira para dar qualidade de vida à nossa comunidade, que merece respeito. As comunidades mais carentes são as que sofrem mais, com muitos anos de promessas, que até o exato momento não foram cumpridas. Mas a luta não pode parar. Paulo Enfermeiro não vai parar de lutar por melhorias para a nossa comunidade

Mais fotos:  
 Jeferson Andrade, Paulo Enfermeiro e Edward Rocha



Pesquisar este blog

Arcebispo da Paraíba convoca para Greve Geral

A Greve Geral que deve paralisar o Brasil próxima sexta-feira, 28, ganhou reforço de membros da igreja Católica. Na P...

MAIS VISTAS

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK