CLIQUE NO PLAY E ASSISTA O VIDEO,

ULTIMAS NOTICIAS

ULTIMAS NOTICIAS

“Como é difícil disputar uma eleição com os “tubarões da política”, disse o vereador eleito Dinarte Torres em entrevista à rádio FM 87.9 Litoral Norte


O vereador eleito Dinarte Torres falou sobre sua vitória nestas eleições, seus projetos, e muito mais no último dia 27, durante entrevista ao programa Hora da Comunidade, na rádio FM 87.9 Litoral Norte com Jeferson Andrade e Edward Rocha.
Jeferson Andrade, Dinarte Torres e Edward Rocha

Confira a entrevista na íntegra:
 
Dinarte Torres, evangélico, casado, quatro filhos e morador de Mãe Luíza, onde através de inúmeros trabalhos sociais comunitários recebeu o apoio maciço dos moradores desta área.

Jeferson Andrade - Dinarte, através de uma entrevista ao Jornal Clarim Natal, em 2008, quando foi candidato à Vereador de Natal pelo PV você falou que sua candidatura naquela época era “um antigo sonho chegar à Câmara Municipal para fazer a diferença e poder trabalhar ainda mais pelo povo”. Você não foi eleito. E oito anos depois, é eleito pelo PMB (Partido da Mulher Brasileira) com 2.754 votos, onde seu slogan de campanha foi O SONHO DE FAZER O BEM NÃO ACABOU. Sonho realizado? E agora?

Dinarte Torres – Sonho realizado. Gostaria de aqui agradecer primeiramente a Deus por realizar esse sonho, vocês sabem que venho de uma comunidade simples, como é difícil disputar uma eleição com esses “gigantes”, com os “tubarões da política”.  Então graças a Deus o sonho se realizou.

Edward Rocha - O que mudou oito anos depois?

Dinarte Torres – A política brasileira em si, ela está passando por uma grande transformação. As pessoas hoje estão mais conscientes, nós temos jovens que estão fazendo a diferença, as pessoas votam pensando na coletividade. O maior exemplo foi que a Câmara Municipal renovou 50%, ou seja, 14 novos vereadores foram eleitos aqui em Natal.

Jeferson Andrade - Como você avalia esta campanha eleitoral com as novas regras? 45 dias foram suficientes para a sua campanha?

Dinarte Torres – Na realidade, as novas regras foram importantes. 45 dias não foi o tempo suficiente para se fazer uma campanha, até porque você não consegue andar nas quatro regiões de Natal em 45 dias. Eu não pude ir em todos os cantos que eu queria ter ido, até porque eu tenho muitos amigos,  eu que fui garçom, fui pastorador de carro, peguei balaio no Mercado de Petrópolis, e eu tenho muitos amigos. Eu também fiz uma opção de não fazer o programa eleitoral na TV. Então o tempo é um tempo curto. Agora, as regras foram importantes porque ela igualou mais essas campanhas. Deu oportunidade a mim que sou lá do bairro de Mãe Luíza, sem ter condições, me eleger vereador aqui em Natal.

Edward Rocha - Como foi o envolvimento do partido em sua campanha?

Dinarte Torres – O envolvimento foi maravilhoso. A gente vem nessa luta, há mais de um ano e meio, organizando essa nominata, através de nosso presidente municipal Naelson, lá das Quintas, onde nós fomos buscar dentro das comunidades, pessoas que tinham um sonho e tinham um potencial eleitoral nas suas bases.  

Jeferson Andrade - O Vereador como integrante do Poder Legislativo Municipal, tem como função principal o de representar os interesses da população perante o poder público, além de fiscalizar as ações do Poder Executivo Municipal, através das ações do Prefeito. Como será o seu mandato? Fará oposição ao prefeito Carlos Eduardo?

Dinarte Torres – O meu mandato será um mandato participativo, eu quero estar ouvindo a população de Natal, eu quero ir às comunidades para acompanhar de perto. Eu já faço isso na minha comunidade em Mãe Luíza, mas eu quero fazer em toda a Natal, até porque eu fui muito bem votado na Zona Norte. Eu tive quase 700 votos na Zona Norte, tive 450 votos na Zona Oeste, e tive 190 votos na Zona Sul. Então nós vamos fazer um mandato participativo e sempre ouvindo as comunidades, focando sempre na área social e nos problemas que essas comunidades passam.
Nós temos problemas em algumas praças em Natal que estão às escuras, trazendo insegurança para a população, nós temos muitas quadras de esportes que precisam ser melhoradas.

Jeferson Andrade – É constante a reclamação de lâmpadas apagadas na Zona Norte, inclusive temos reclamação grande, a do Ginásio Nélio Dias.

Edward Rocha – E nós constatamos isso. São 12 postes, apenas dois postes com quatro luminárias, um tinha duas lâmpadas acesas e a outra tinha uma. E essa semana ligaram pra gente informando que agora só tem um poste com lâmpadas acesas. É brincadeira isso.

Dinarte Torres – Isso é uma vergonha. Até porque é uma localidade importante aqui para a Zona Norte. Um espaço que podia ser utilizado para as crianças, os adolescentes. Num momento em que nós temos um espaço daquele iluminado, as pessoas se sentem seguras para ir até o Ginásio Nélio Dias.

Edward RochaMuito se fala em todo início de gestão pública sobre a implantação de Gabinete Itinerante. Como você pretende por em prática uma de suas propostas que foi o Gabinete Itinerante para ouvir a população e as necessidades das comunidades? 

Dinarte Torres – Esse é um antigo sonho nosso, até porque nós que somos da comunidade, precisamos ter vereadores que escutem os anseios da população. Então eu quero todo mês passar em uma comunidade diferente para que eu possa me reunir com os presidentes de Conselhos Comunitários, Associações Comunitárias, Clubes de Mães e diretamente com o povo.
Nós fomos eleitos para ouvir o povo. O nosso mandato não é do vereador. O mandato é do povo. O vereador tem que entender que quem paga o seu salário é a população. Então é obrigação do vereador sair lá do seu gabinete e vir escutar as reivindicações dos moradores.

Jeferson Andrade - Entre as suas propostas de campanha você também citou a criação de brinquedotecas nos bairros, para serem utilizadas principalmente no período das férias escolares. Como você pretende implantar este projeto nas comunidades?

Dinarte Torres – Nós temos várias praças, na Zona Norte, na Zona Oeste e através dos Conselhos Comunitários, das Associações queremos fazer através deles essa parceria para que essas crianças possam ter acesso à questão da cultura, da leitura. Então é um sonho antigo nosso. Eu fui secretário da Serig e lá nós tínhamos um projeto, onde se instalava a biblioteca em vários pontos aqui da Zona Norte. E se bem trabalhado, nós temos feito isso lá em Mãe Luíza, e nós temos tido êxito, através desse trabalho. Se deu certo lá, então eu tenho certeza que vai dar certo em todo canto.

Edward RochaO líder, seja ele comunitário ou estudantil, é aquele que não se acomoda diante das injustiças, mediante a falta de políticas públicas para a população. Você iniciou sua trajetória como líder de classe da Escola Estadual Dinarte Mariz, em Mãe Luiza. Agora como Vereador vai continuar sendo o eterno líder comunitário, buscando melhorias junto com a população carente?

Dinarte Torres – Claro. Eu que tenho uma história de luta lá na minha comunidade, como presidente de grêmio da Escola Dinarte Mariz, fui também presidente do Centro Desportivo lá de Mãe Luíza, então a gente tem esse “sangue comunitário”.
E eu sei muito bem que se eu não desempenhar bem o meu papel como vereador e pela tendência natural a estar dentro das comunidades, com certeza as pessoas não vão votar em mim daqui a quatro anos não.
Porque tem que ser dessa forma mesmo. Se você não dá atenção às pessoas, então as pessoas têm todo o direito também de não lhe dar o voto na próxima vez. Então eu quero fazer um mandato diferente. Eu quero estar dentro das comunidades de Natal e quero fazer essa diferença.

Edward Rocha – Dinarte, você hoje é um vitorioso porque graças a Deus conseguiu ser eleito. É o primeiro mandato não é isso?  Tem muitos projetos já na ponta do lápis, pra entrar de cabeça já pra ser aprovado?

Dinarte Torres – Além da Biblioteca Itinerante nós vamos ouvir a população de Natal. Eu tenho visto que um dos grandes anseios da nossa população é referente à questão da escritura pública. Eu acredito que se a Prefeitura dá um desconto de 90% na escritura pública, eu tenho certeza que todo cidadão pagaria tranquilamente 10% do valor da sua escritura pública para ter sua casa legalizada e a Prefeitura ia ganhar também com isso, porque eu tenho certeza que nós temos mais de 90% da população aqui da Zona Norte não tem escritura pública, porque em Mãe Luíza é assim.

Dinarte Torres também respondeu às perguntas de ouvintes, sobre problemas nas quadras de esportes, iluminação, entre outros problemas.

Dinarte Torres – Eu acompanho já de perto a questão das quadras e também das praças públicas e na realidade a função do vereador eu vou desempenhar com muita honra e muito respeito à vocês. Que é justamente fiscalizar a Prefeitura, fiscalizar pra onde vai o dinheiro dos impostos que são arrecadados pela Prefeitura e nós vamos cobrar. Eu gostaria de dizer a vocês que graças a Deus, eu não devo favores à governador, à prefeito, à deputado estadual, à deputado federal. Eu devo primeiramente à Deus e ao povo que me elegeu. Então nós vamos cobrar sim. Vamos ter o nosso gabinete aberto. E pode ter certeza que vocês vão me ver muito aqui na Zona Norte, desempenhando a minha função, a real função de vereador que é fiscalizar.

Edward Rocha - As pessoas não participam muito nas sessões da Câmara, você acha que é possível mudar? Qual seria o tipo de incentivo, fazer com que a população vá participar?

Dinarte Torres – Claro. A Câmara Municipal de Natal é do povo. Se não fosse o povo não existia a Câmara Municipal, até porque a lei só funciona através do voto popular e é importante que as pessoas vão à sessão para que elas possam ver de perto o desempenho do vereador que ela votou. Às vezes o eleitor quer cobrar, mas ele não participa do mandato do vereador que ele ajudou a eleger. Então é importante que a população de Natal, não só através da TV Câmara, mas que vá pessoalmente às sessões e acompanhe de perto o que seu vereador está fazendo, através do seu mandato.

Jeferson Andrade - Deixe uma mensagem para os ouvintes?

Dinarte Torres - Primeiramente, mais uma vez, eu não posso esquecer de agradecer à Deus, porque se não fosse da vontade de Deus nós não estaríamos aqui. Mas deixo aqui um abraço aos moradores da Zona Norte. Eu tenho um carinho muito especial pela ZN, até porque ter 699 votos na Zona Norte, sem morar aqui, é porque tenho muitos amigos. Ninguém tem uma votação dessa do nada. Sou um comunitário, que venho dos Movimentos Sociais, e sempre respeitei o ser humano como eu gostaria de ser respeitado.

Pesquisar este blog

Arcebispo da Paraíba convoca para Greve Geral

A Greve Geral que deve paralisar o Brasil próxima sexta-feira, 28, ganhou reforço de membros da igreja Católica. Na P...

MAIS VISTAS

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK

INSTAGRAM @namidiadorn