CLIQUE NO PLAY E ASSISTA O VIDEO,

ULTIMAS NOTICIAS

ULTIMAS NOTICIAS

Mineiro promove nesta quinta discussão sobre a Marcha das Mulheres Negras

mineiroPT
A Assembleia Legislativa promove nesta quinta-feira (12) audiência pública sobre a Marcha Nacional das Mulheres Negras: Combate ao Racismo, Violência e Pelo Bem Viver, movimento realizado anualmente em Brasília por diversas organizações do Movimento Negro com o objetivo de articular as mulheres negras brasileiras para dar visibilidade às temáticas raciais femininas. O debate, proposto pelo deputado Fernando Mineiro (PT), acontece às 14h na sede do Poder Legislativo.
“A audiência pública vai reunir representantes da delegação estadual que irá participar da Marcha Nacional das Mulheres Negras em Brasília, no dia 18 deste mês”, explica Mineiro. Abordando questões como a violência, diversidade e reparação histórica ao povo negro no Brasil, a marcha tem como pauta a reivindicação do fim do “feminicídio” de mulheres negras, a investigação e a penalização de todos os casos de violência doméstica, dos assassinatos de mulheres negras e o fim do racismo e sexismo, entre outros temas.

Especialistas visitam o RN para identificar potencialidades do arroz vermelho

O Estado do Rio Grande do Norte está sediando uma Missão com especialistas do Centro Internacional de Agricultura Tropical (CIAT), RN SUSTENTÁVEL, SAPE, EMPARN, SEBRAE, IFRN, Projeto COOPERAR (PB) e Bahia Produtiva, a Missão acontece em parceria com o Banco Mundial, no dia 12, na Escola de Governo.  O secretário de Planejamento Gustavo Nogueira fez abertura dos trabalhos e se colocou à disposição para apoiar os estudos na área do arroz vermelho. O secretário de Agricultura, Haroldo Abuana disse que os especialistas terão a oportunidade de conhecer a região do Vale do Apodi, onde se concentra o maior potencial desse tipo de arroz no RN.

Um dos objetivos da Missão é apresentar a ferramenta de pesquisa Big Data, que foi testada na Colômbia, onde vários grupos de pesquisa estudam os impactos e procuram maneiras de melhor lidar com as mudanças climáticas. A equipe do Big Data acredita que podem descobrir respostas em conjuntos de dados existente – medições históricas de clima, os rendimentos e as práticas agrícolas, reunidos e arquivados pela Federação Nacional da Colômbia de Produtores de Arroz (FEDEARROZ).
Durante todo o dia de hoje(12), os especialistas estarão discutindo o tema e ferramentas sobre o arroz vermelho. O pesquisador, Sylvain Delerce – CIAT (Uruguai), fará a apresentação da ferramenta ‘Big Data’.  O meteorologista da Emparn, Gilmar Bistot, também participa da Missão e vai apresentar o Monitor das Secas. O Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento Simplício Holanda – EMPARN fará a apresentação dados do arroz vermelho no RN- Projeto Embrapa Meio Norte.

Pesquisar este blog

Arcebispo da Paraíba convoca para Greve Geral

A Greve Geral que deve paralisar o Brasil próxima sexta-feira, 28, ganhou reforço de membros da igreja Católica. Na P...

MAIS VISTAS

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK

INSTAGRAM @namidiadorn