CLIQUE NO PLAY E ASSISTA O VIDEO,

ULTIMAS NOTICIAS

ULTIMAS NOTICIAS

Semana de Ciência e Tecnologia mostra relação entre luz e conhecimento humano

Brasília - Abertura da 12 Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, com o tema Luz, Ciência e Vida, em alusão ao Ano Internacional da Luz estabelecido pela Onu (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)A
 Com o tema Luz, ciência e vida, foi aberta oficialmente hoje (20), em Brasília, a 12ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. O evento, que vai até domingo (25), tem mais de 28 mil atividades previstas em 662 municípios de todo o país.

Segundo o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, o objetivo é popularizar a ciência e mostrar à sociedade sua importância no desenvolvimento do país e incentivar a atitude científica e a inovação.
Para a ministra Ciência Tecnologia e Inovação em exercício, Emilia Rodrigues, a semana representa um esforço conjunto do governo e de empresas com o objetivo de expandir o alcance do conhecimento científico no Brasil.
“Sabemos que o país passa por um momento de desafios. Temos toda a consciência de que superar as nossas dificuldades, no longo prazo, somente será possível por meio do desenvolvimento científico e tecnológico”, disse Emília.
A escolha do tema desta edição foi baseada em decisão da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), que proclamou 2015 como Ano Internacional da Luz, com objetivo de celebrar a luz como matéria da ciência e do desenvolvimento tecnológico.
Instituições de pesquisa, agências de fomento e organizações sociais compõem a programação nacional da semana, que reúne também palestras, debates, simpósios, minicursos, exposições e oficinas.
Exposição
Brasília - Abertura da 12 Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, com o tema Luz, Ciência e Vida, em alusão ao Ano Internacional da Luz estabelecido pela Onu (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Adolescente testa bobina de Tesla durante mostrano Parque da Cidade  Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Em Brasília, um dos destaques da semana é um espaço de 200 metros, em formato de planetário, onde são projetadas imagens da história da construção do conhecimento humano e a relação com a luz. “A gente pode ver aqui como a luz é importante para as nossas vidas e está presente em várias parte das ciências”, disse a estudante Natália Cunha.
Crianças e jovens podem aproveitar a feira para conhecer equipamentos usados por estudiosos, como a bobina de Tesla. “O equipamento é um transformador, que produz altas tensões elevadas sob elevadas frequências. Com a alta tensão, a bonina transforma o ar em condutor de eletricidade e faz esses raios”, explica o monitor Thiago Soares, de 19 anos.
Em outro estande, crianças e adolescentes desenham, com a ajuda de um ilustador, qual seria a cidade do futuro, com foco na sustentabilidade. “As crianças conseguem, com isso, ver as dificuldades que enfrentamos com o clima e os desafios do futuro”, afirmou a professora Janaína Batista.
No Distrito Federal, as atividades ocorrem no Pavilhão do Parque da Cidade, área central de Brasília. A programação completa está disponível no site da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

aGENCIA bRASIL

Pesquisar este blog

Arcebispo da Paraíba convoca para Greve Geral

A Greve Geral que deve paralisar o Brasil próxima sexta-feira, 28, ganhou reforço de membros da igreja Católica. Na P...

MAIS VISTAS

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK

INSTAGRAM @namidiadorn