CLIQUE NO PLAY E ASSISTA O VIDEO,

ULTIMAS NOTICIAS

ULTIMAS NOTICIAS

PRESO É ACHADO MORTO EM CADEIA NO AGRESTE DO RN. É O 21º CASO ESTE ANO.


Corpo foi encontrado enforcado dentro da Cadeia Pública de Nova Cruz.
Preso ainda não foi identificado; Polícia Civil e Itep já foram comunicados.


Um preso foi encontrado morto na manhã desta quinta-feira (22) dentro da Cadeia Pública de Nova Cruz, na região Agreste potiguar. A informação foi confirmada pela direção do presídio. Este é o 21º detento achado morto em condições suspeitas dentro de uma unidade carcerária do estado.
Ainda de acordo com a direção, sabe-se apenas que o preso morto, que foi encontrado enforcado, atenndia pelo apelido de Pelé, acusado de ter matado duas pessoas este ano na cidade.
A Polícia Civil e o Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) já foram comunicados.
20 mortes em 2015
Este ano, segundo a Coordenadoria de Análises Criminais da Secretaria de Segurança Pública, 21 detentos já foram assassinados ou encontrados mortos em condições suspeitas dentro de unidades prisionais do estado. Com a morte registrada nesta quinta (22), foram 19 somente depois de agosto, quando conflitos entre facções criminosas começaram a se intensificar nos presídios.
O primeiro conflito envolvendo grupos rivais aconteceu no dia 16 de agosto na Cadeia Pública de Caraúbas, na região Oeste do estado. Na ocasião, quatro presos assassinados a facadas: Antônio Edigleidson de Souza, o Ceará, de 27 anos; Genilson Bezerra de Oliveira, mais conhecido como Assuzinho ou Quinho, de 36 anos; Gledstone Clementino Araújo, chamado de Jacaré, de 36 anos; e João Paulo Silva Dias, o JP, de 38 anos.
Dois dias depois, um detento foi morto no Presídio Rogério Coutinho Madruga, que também fica em Nísia Floresta. A vítima foi identificada como Emerson Santos da Luz, de 28 anos, mais conhecido como 'Índio'.
Já na manhã do dia 24 de agosto, na Penitenciária Estadual do Seridó, em Caicó, um interno também foi assassinado a facadas. Fábio Júnior da Silva Patrício, 21 anos, era natural da cidade de Serra Caiada.
A polícia ainda investiga a possibilidade de outros dois detentos terem sido assassinados em razão dos conflitos. Também no dia 24 de agosto, um preso identificado como Cassiano Henrique Galvão, de 21 anos, foi encontrado enforcado dentro do Presídio Provisório Raimundo Nonato, na Zona Norte de Natal. No dia seguinte, o presidiário Denison Costa e Silva, de 27 anos, foi encontrado morto em uma das nove celas do primeiro andar do Centro de Detenção Provisória do Potengi, também na Zona Norte da capital potiguar. Ele foi encontrado enforcado com um lençol.

Fonte: Anderson Barbosa/http://g1.globo.com/

Pesquisar este blog

Arcebispo da Paraíba convoca para Greve Geral

A Greve Geral que deve paralisar o Brasil próxima sexta-feira, 28, ganhou reforço de membros da igreja Católica. Na P...

MAIS VISTAS

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK