CLIQUE NO PLAY E ASSISTA O VIDEO,

ULTIMAS NOTICIAS

ULTIMAS NOTICIAS

Máximo Augusto, Polícia indicia três pessoas por morte de universitário em Natal

 
A Delegacia de Homicídios concluiu o inquérito sobre a morte do estudante universitário Máximo Augusto, de 23 anos, que foi encontrado morto no dia 3 de maio na Grande Natal. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Fabio Rogerio, o processo foi encaminhado à Justiça nesta segunda-feira (18). O delegado indiciou Jean Rocha, que confessou o homicídio, e outros dois envolvidos na morte do estudante.

O universitário Máximo Augusto desapareceu na madrugada do dia 1º de maio. O corpo dele foi encontrado dois dias depois em uma estrada de terra na zona rural de São Gonçalo do Amarante. A investigação descobriu que o estudante saiu de uma boate localizada no bairro Candelária acompanhado de Jean Rocha em direção a um motel no mesmo bairro. Lá, de acordo com a investigação, os dois discutiram. Em depoimento à polícia Jean Rocha afirmou que matou Augusto Máximo asfixiado dentro do motel.

O delegado ainda aguarda alguns laudos do Itep, mas os peritos do instituto já confirmaram uma contradição no depoimento do assassino confesso. Ele disse à polícia que levou o corpo de Augusto Máximo no porta malas do carro, mas os peritos não encontraram nenhum vestígio desse transporte. No entanto, Fabio Rogerio acredita que esses detalhes não interferem em nada em relação à autoria do assassinato.

Jean Rocha foi indiciado por latrocínio e ocultação de cadáver. Os outros dois envolvidos no crime foram indiciados por receptação.
G1/RN

Pesquisar este blog

Arcebispo da Paraíba convoca para Greve Geral

A Greve Geral que deve paralisar o Brasil próxima sexta-feira, 28, ganhou reforço de membros da igreja Católica. Na P...

MAIS VISTAS

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK

INSTAGRAM @namidiadorn