CLIQUE NO PLAY E ASSISTA O VIDEO,

ULTIMAS NOTICIAS

ULTIMAS NOTICIAS

Bunda também é cultura

Os responsáveis pela bunda como é conhecida na atualidade são os africanos. 
Mais especificamente as angolanas e as cabo-verdianas.
Foram elas, angolanas e cabo-verdianas, que, ao chegarem ao Brasil durante as trevas da escravatura, revolucionaram tudo o que se sabia sobre bunda até então. 
Naquela época, a palavra bunda não existia. 
Os portugueses, quando queriam falar a respeito das nádegas de uma gostosa diziam exatamente nádegas ou região glútea, tanto fazia.
Então, os escravos angolanos e cabo-verdianos chegaram ao Brasil. 
Só que eles não eram conhecidos como angolanos nem cabo-verdianos.
Eram os bantos, chamados bundos, e falavam o idioma ambundo ou quimbundo, a língua bunda, enfim. 
Os bundos, em especial as mulheres bundas, possuíam a tal região glútea muito mais sólida, avantajada e redonda que as mulheres da época.
Os portugueses, que não são idiotas, logo deitaram os olhares para as nádegas das mulheres bundas. 
Quando alguma delas passava diante de um grupo de portugueses, os comentários se resumiam a 'Que bunda!'
Era uma referência à moça africana, não à bunda dela propriamente dita. 
Em pouco tempo a palavra bunda, antes designação de uma língua e de um povo, passou a ser sinônimo de nádegas. 
E assim nasceu a bunda moderna.

Pesquisar este blog

Arcebispo da Paraíba convoca para Greve Geral

A Greve Geral que deve paralisar o Brasil próxima sexta-feira, 28, ganhou reforço de membros da igreja Católica. Na P...

MAIS VISTAS

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK

INSTAGRAM @namidiadorn